15 de mai de 2009

Herma

Eu vi um anjo ao chão

Chorando as lamentações de seu passado

Vi seu coração em ruínas

Senti a mesma dor em pedaços


Vejo a melancolia em seu olhar

Soprando por uma brisa agonizante

Congelando o peito destruído

Herege como um indigno

De sua própria aflição


Caído e envolto por trevas

Temendo o triunfo das incertezas

Magoaram seu puro olhar


[Terça, 06 junho de 2006]

Nenhum comentário:

Postar um comentário